biblioteca
essencial

giovana
madalosso

escritora

nasceu em Curitiba e vive em São Paulo. É formada em Jornalismo pela UFPR e trabalha com literatura e roteiros para TV.

Escreveu o volume de contos A TETA RACIONAL (grua, 2016), finalista do Prêmio Biblioteca Nacional, e os romances TUDO PODE SER ROUBADO (todavia, 2018), finalista do Prêmio São Paulo de Literatura, e Suíte Tóquio (todavia, 2020).

22476306664

Grimble,
Clement Freud

Minha primeira paixão literária. Grimble me mostrou que o humor e o nonsense também tinham seu lugar na literatura.

910xgrOw1fL

Antes do baile verde,
Lygia Fagundes Telles

Uma aula de conto. Destaque para O moço do saxofone e Venha ver o pôr do sol.
71BD5+x0OzL

Memórias Póstumas de Brás Cubas,
Machado de Assis

O morto Brás Cubas é um narrador ácido, cativante, memorável. Um livro que tem um bom narrador tem tudo.
91dl7m7Wh2L

os Detetives Selvagens,
Roberto Bolaño

O livro da minha vida. Quando terminei, tive a sensação de que segurava nas mãos uma coisa viva.

81FKVgMexaL

Tudo o que tenho levo comigo,
Herta Müller

Aprendi nesse livro a tratar cada capítulo de um romance como um corpo único, dotado de sua própria beleza. São também marcantes as descrições da fome nos campos de trabalho forçado dos soviéticos depois da Segunda Guerra.

box-o-segundo-sexo

O segundo sexo,
Simone de Beauvoir

Com esse livro entendi quem sou e porque sou como sou.

Foto da artista: Renato Parada