cristina

ㅤ ㅤㅤ judar

nasceu em São Paulo, é escritora e jornalista, autora dos romances Oito do sete (reformatório, 2017), ganhador do Prêmio São Paulo de Literatura e finalista do Prêmio Jabuti 2018, e Elas marchavam sob o sol (Dublinense, 2021) . Escreveu o livro de contos Roteiros para uma vida curta (Menção Honrosa no Prêmio SESC de Literatura 2014) e as HQs Lina e Vermelho, vivo



BESTIÁRIO
JULIO CORTÁZAR

Bestiário abriu minha cabeça para o que era possível criar, além dos cânones. Fui sugada pelo misterioso, pelo inusitado, por tudo de fantástico, pela ousadia presente no livro. Assim como pelas reflexões e pautas políticas sobrepostas. Não me canso de reler, nem de recomendar.

DIANA CAÇADORA & TANGO FANTASMA
MÁRCIA DENSER

O volume, com dois livros, foi importante para a minha formação. Eu ainda não tinha tido contato com uma literatura que apresentasse a mulher urbana e contemporânea com tamanha honestidade, senso de realidade e certo humor negro, elementos que marcam a obra desta grande autora.

AO FAROL
VIRGINIA WOOLF

A maneira com que Woolf construiu a narrativa, apresentada como um “carrossel” no encadeamento de camadas relacionadas ao que se passa no âmago das personagens – de forma tão clara e intrincada – é algo que ainda me tira o fôlego e me faz pensar na genialidade dessa obra.

ON THE ROAD - PÉ NA ESTRADA
JACK KEROUAC

Li quando ainda era muito jovem, fui surpreendida pela escrita mista, mística e musical do livro. Assim como pela liberdade à qual se permitiu Kerouac, as personagens tão fictícias e reais, as possibilidades infinitas de vivência, troca e criação, dentro e fora da literatura.

ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA
JOSÉ SARAMAGO

Também gerou grande impacto em mim. A linguagem crua, ininterrupta e única, a sucessão hipnótica dos acontecimentos e a forma com que a alma humana e as fraquezas do mundo são escancaradas estão entre os fatores que fizeram com que esse livro tenha sido marcante, inesquecível.

FLUXO-FLOEMA
HILDA HILST

Fluxo-floema é ousado e inovador em sua forma e conteúdo. Passei a ser outra escritora depois de lê-lo. Nesta obra para quem ama a fusão entre gêneros, há visitas aos céus e infernos simbólicos contidos no cotidiano, com toda a força e a genialidade da linguagem criada por Hilst.